Hora de Ressuscitar: Spellcaster

Bem falando sobre o post, o hora de ressuscitar será mais daqueles post que irei fazer com bastante seqüencia, porém esse aqui se trata de jogos que não são TOP DE LINHA, coisas mais retros e mas voltando pros desconhecidos, então vamos lá.





Plataforma: Master System
Ano: 1989
Estilo: Action RPG
Produtora: Sega
Provavelmente um dos primeiros action RPG da história, Spellcaster (Kujaku Ou no Japão e Warrior Quest aqui no Brasil) foi um dos inovadores pra sua época, sem contar ainda com sistema de save, foi do poucos jogos de RPG que você tinha que anotar um password pra poder continuar uma aventura, fator que ajudava muito pra quem alugava fita, porém fator horrível pra quem odiava anotar coisas imensas. Com sistema pouco diferente dos jogos antigos, além do clássico pular e atirar, havia um sistema único de magia, um menu simples com algumas magia e clássica quantidade de MP pra poder soltar os feitiços. Feitiços que vão desde voar a magias de ataque mais ofensivas que a padrão. Jogo conta também com aquelas longas e complexas de RPG que maioria nem se importa direto, afinal de demais, apenas história de um monge chamado Kane e todo o outro blábláblá, ou seja prepare se para longos diálogos e enigmas. Resumindo um jogo bom, para quem gosta de enigmas e história, mas não suporta aqueles combates de “Bater e Apanhar”.


Obs: Eu poderia ter tirado mais prints, mas deu preguiça de jogar tanto ou procurar no google imagem decentes.
Hora de Ressuscitar: Spellcaster Hora de Ressuscitar: Spellcaster Reviewed by Al on 18.8.09 Rating: 5

Nenhum comentário