Banda Larga Popular

Vendo que situação não é boa pra todos finaceira e internet discada é um lixo, governo de SP criou um "programa" para ajudar, segue noticia abaixo:

"O governo dos Estado de São Paulo lançou nesta quinta-feira o Programa Banda Larga Popular, que permitirá acesso rápido à internet por no máximo R$ 29,80 por mês. Esse valor será possível graças à redução de 25% para zero do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) cobrado no serviço.

O programa estará disponível apenas para pessoas físicas e, segundo o governo de São Paulo, irá beneficiar especialmente a população de baixa renda. O usuário do pacote popular terá direito a um modem, instalação e serviços de provedor de internet com velocidade entre 200 Kbps e 1 Mbps.

Até o momento, a Telefônica é a única parceira do governo de São Paulo no programa. O anúncio ocorre em meio a estudos no governo federal para a criação de um programa nacional de universalização da banda larga.

O mercado potencial, segundo o governador José Serra, abrange 2,5 milhões de residências. Desse universo, cerca de 690 mil casas possuem computador sem internet e o restante tem conexão discada.

"Pelo menos metade, é a nossa estimativa, vai se integrar à banda larga subsidiada", disse Serra, nesta quinta-feira, durante assinatura do decreto criando o programa, durante a feira de telecomunicações Futurecom.

Os interessados deverão procurar a operadora de telefonia que ofereça o serviço de acesso à internet em banda larga de acordo com o programa, por enquanto somente a Telefônica. Segundo o decreto, é possível a instalação de apenas um contrato por CPF e por endereço.

Não haverá taxa de habilitação, nem multa de cancelamento para quem estiver no programa, mas a reinstalação do serviço se solicitada antes de 12 meses após o desligamento custará até R$ 100. Além disso, a migração de outro serviço para a banda larga popular pode obrigar o desembolso de até R$ 100.

Serra disse que outras empresas poderão se juntar ao projeto, que por enquanto tem Telefônica como única parceira. No programa, a operadora se dispôs a reduzir o preço da banda larga oferecida dentro do plano para se chegar a um desconto total de cerca de 40% no valor cobrado do usuário final.

A arrecadação do governo de São Paulo com o ICMS cobrado do serviço de banda larga é de R$ 534 milhões. Serra vê pouco impacto na receita do Estado, já que o público-alvo do programa ainda não possui acesso rápido à internet.

O governo descarta migração maciça de clientes de planos de banda larga mais caros para o popular, o que implicaria em queda da arrecadação. O programa paulista foi aprovado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e Serra acredita que outros Estados poderão adotar o mesmo modelo."


Thanks Invertia


Agora só nós resta ver o que dá, espero que der certo, porque nem todo mundo tem codição de pagar 29,90 somente nos três primeiros meses XD
Banda Larga Popular Banda Larga Popular Reviewed by Al on 16.10.09 Rating: 5

Nenhum comentário