Esperanto




O que é?


Esperanto é uma lingua criada pelo polonês L. L. Zamenhof em 1887, esse lingua não foi criada para substituir as demais linguas do nosso planeta,
mas sim, aproximar as pessoas e não favorecer uma região ou uma cultura, por isso o esperanto foi considerado uma lingua internacional.
Apesar da grande desinformação que acerca o Esperanto, essa não é uma lingua morta como o latim, ela é constantemente usada em todas as partes do mundo,
e é uma lingua "planejada" que foi criada exatamente com a finalidade de ser neutra, e compreedida por todos como um "padrão" somente linguistico, sem cunho cultural.



"E não é difícil?"
É justamente a maior facilidade que fez do Esperanto a única língua construída (entre tantas centenas de propostas nos últimos mil anos) a sobreviver e a desenvolver uma cultura e uma literatura. Os radicais são em sua maior parte de origem latina, o que torna o vocabulário ainda mais fácil para nós. Mas não se trata de uma simples "mistura de todas as línguas", como muita gente pergunta. O Esperanto tem regras claras e regulares.



Quer um exemplo? Basta ver o plural das palavras. Você já imaginou para um estrangeiro (e não só para ele...) saber o plural de "pãozinho" ou de "ancião"? E toda língua nacional tem esse tipo de exceção. Para uma língua racionalmente elaborada, o plural em Esperanto só poderia ser bem regular (termina em "j", que se pronuncia como o i em "foi").

Se você está curioso, aqui está todo o alfabeto:




Os sinais sobre as letras em verde fazem com que a língua represente todos os sons necessários, sem que a gente tenha que aprender regras como no português do tipo: "C antes de vogal tem o som de S, senão tem o som de K, a menos que não esteja antes de um H, quando então tem o som de X...". Você já parou para observar que toda língua também tem alguma coisa desse tipo?

É por isso que o alfabeto do Esperanto foi concebido de forma a que cada letra represente apenas um som, e para que a cada som corresponda apenas uma letra. A pronúncia das letras é assim (as letras não indicadas aqui são como no português):

A - é sempre como em "pá"

E - é sempre como em "mesa"

O - é sempre como em "alô"

C - tem o som ts

^C - tem o som tch

G - é sempre como em "gato"

H - como no h inglês em "hotel"

^H - como no j espanhol

J - como o i em "pai"

^J - como o j em "jardim"

R - aproximadamente como o r em "cara"

S - sempre como em "signo"

^S - tem o som de x em "xarope"

~U - como o u depois de vogais em "mau"

O fato de o Esperanto possuir apenas cinco vogais (contra doze no inglês, por exemplo) facilita a compreensão, mesmo que uma pessoa faça pequenas variações (a, o, e mais abertos, mais fechados ou mal pronunciados)!




"O esperanto tem algum fundo religioso?"

Não!
Desde de 1910 a comunidade espírita, se utiliza do espranto afim de alcançar mais pessoas ao redor do mundo, isso fez com que alguns desinformados cometessem esse engano de atribuir ao esperanto um fundo religioso, o engano é tão grande que, o finado Papa jão paulo II, em seus pronunciamentos usava o esperanto para dar boas vindas e até logo.

Quantas pessoas falam Esperanto no mundo?

É impossível encontrar um número exato. A estimativa mais aceita é que o Esperanto, com 3 milhões de falantes em mais de cem países, encontra-se no grupo das 120 línguas mais faladas (das 3.000 existentes).


Bom...

Se você se interessou pelo esperanto, existem cursos disponiveis:

www.kurso.com.br/index.php?pt
www.esperanto.org.br

bons estudos!
Esperanto Esperanto Reviewed by Soueid on 27.8.10 Rating: 5

6 comentários

  1. Estranho, mas diferente .... po porque do tema?

    ResponderExcluir
  2. ñ entendo java msm vou partir pro esperanto!!!

    ResponderExcluir
  3. Será que tem god of war em esperanto?

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela matéria. Só não gostei quando você disse que o Esperanto não tem cunho cultural. Mas, logo no parágrafo seguinte você corrigiu isso. Visite meu blogue: http://esperantomaceio.blogspot.com/
    Gratulon! Elkore salutas vin!
    Aristóphio Alves Filho.

    ResponderExcluir
  5. Até profissionais visitando nós que bom

    ResponderExcluir
  6. Pra quem se interessar, aqui na Unicamp tem curso de graça de Esperanto :)

    ResponderExcluir