INFINITE CRISIS, não é um mod de League of Legends (Apesar de parecer bastante)

A tanta trevas nessa imagem


E com essa tendencia de jogos de MOBA e Super Heróis voltando a ser moda, alguém teve a brilhante ideia de pegar sucesso do DOTA 2/LOL e misturar com Injustice, para formar Inifinite Crisis, o jogo teve inicio do beta essa semana, após mandar muito spam para outros no facebook (Sim a uma promoção do facebook para ganhar invite para jogo, eu garanto que dá certo porque ganhei o meu assim, quem quiser tentar segue o link http://bit.ly/18eQvB6 ) recebi um e-mail da DC dizendo o seguinte:




Congratulations!

You are one of the winners of an Infinite Crisis VIP Beta Key! This means you are about to get into the first round of the Infinite Crisis closed beta.
But first there are a few things you will need to do.”

Apesar ter recebido o e-mail na quinta-feira de tarde, só consegui jogar no sábado a noite, devido alguns bugs no jogo e servidor indisponível , mas chega de falar de mim e como ganhei o beta, vamos falar sobre o jogo.


A ideia e a trama


Bem a ideia básica é criar um MOBA de Super Heróis, mas somente isso não séria suficiente para ter um chamariz, nesse querido planeta terra temos duas editoras que lutam para ver quem é motherfucker dos super-heróis desda época que seu avô/pai era muluque, DC dona da Liga da Justiça e Marvel dona dos Vingadores, ambas editoras são boas em partes e com seus personagens cativantes e suas peculiaridades no universo.

Até que demorou para uma das duas se arriscar nesse estilo de jogo, e como era de se esperar, a DC fez isso primeiro (não duvido que daqui tempo Marvel vá no embalo), agora eu digo porque isso era previsível, já faz algum tempo a DC anda investido pesado em duas coisas animações e jogos, acredito que seja pra compensar todos anos que ficaram sem investir nisso ou lançado títulos fracos, tipo o Justice League Heroes e Teen Titans. A DC já faz algum tempo lançado jogos de Super-Heróis decente como Batman Arkham Asylum, e recemente no Injustice, admito que ela séria melhor pra fazer isso atualmente.
Agora vai vim algum banzigueiro/poser/nerdsuperdescolado e dizer “Ai é culpa da Disney que comprou a Marvel”. Só uma coisa a dizer para esse seres.Se informe mais, antes de criticar. Marvel continuou lançados quadrinhos do mesmo jeito, continuou tendo mesma direções, tudo continuou o mesmo, o que mudou que grana Marvel recebe vai pro bolso do Mickey agora.

Mas pegar monte de herois/vilões e colocar eles em uma tela e mandarem eles se matarem não suficiente, tem que ter aquela velha encheção de linguiça em jogo, uma trama básica, como todo bom fã de HQ de Super-Heróis sabe ultimamente as editorias só reciclam ideias já utilizadas, em parte de roteiro de HQ fica uma bosta na maioria das vezes, mas se tratando de um jogo boa ser uma ideia excelente, devido o seguinte fator, pegar uma história que pessoas gostaram e fazer elas interagirem com ela e fazer parte da trama.

Ai os caras da DC pensaram e tiverem a brilhante ideia de simplesmente pegar uma das histórias ou senão a história considera mais picuda da DC e fazer trama do jogo, Crises nas Infinitas Terras caia como luva para esse tipo de jogo, eles poderiam colocar uma explicação porque haver personagens repetidos e poder utilizar o mesmo personagem de forma diferente e não ter que se preocupar com cronologia. Só que tem um pequeno detalhe... esse arco saiu na década de 80, muitos conceitos de personagens mudaram durante os anos,e aqueles detalhes da HQ não se tornam um tanto que irrelevante em jogo, então surge a ideia de distorce todo o universo , criado 6 universos distintos


Mulher Maravilha, E BOTA MARAVILHA NISSO...
menos da direita, da direita não tem nada maravilha


Prime – Vamos dizer que seja universo Principal/Classico/Padrão, todos personagens são aquelas forma manjadas que todo mundo conhece, até sua mãe sabe dizer que personagem é quem. Por enquanto desse universo conta com Coringa, Zatanna, Doomsday/Apocalipse, Mulher Maravilha, Lanterna Verde (Hal Jordan),Shazam, Flash e Hera Venenosa.


Arcane – A ideia do universo como nome já sugere seja algo puxado pra magia, porém até agora nenhum herói/vilão desse universo foi anunciado.


Atomic – Será um mundo pós -guerra nuclear, Acredito que pela descrição seja algo estilo Mad Max e Akira, porém nenhum herói/vilão foi revelado desse universo também, apesar que acredito que a Mulher Maravilha que aparece a esquerda nas imagens de divulgação seja desse tal universo.


Gaslight – É universo SteamPunk do jogo, bem estilo As loucas Aventuras de James West e Reinos de Ferro, até momento foi revelado Batman (pistola e sobretudo e googles faz parte do visu do heroi), Coringa (Que aparece mais um açougueiro louco), Mulher Gato (Que anda com roupas intimas da época vitoriana, uma mascara de gato e duas manoplas gigantes).

Nightmare – Esse universo já se trata de algo mais “trevas”, personagens macabros e sombrios, foi que mais me chamou atenção, mesmo tendo somente um personagem o Batman, que homem morcego literalmente, acredito que Coringa ou outro vilão do Batman seja uma versão Lobisomen, já que uma das skill do Batman se trata de Batrang de prata.

Mecha – Esse aqui chamar de Japan universe ou Tokusatsu universe , já que personagens são versões robóticas, não nenhum personagem ainda disponível desse universo, mas está bem claro que Mulher Maravilha das imagens divulgação a direita é desse universo.


Agora falando mais do jogo e menos do “background” dele.



Mecânica, Jogabilidade e a experiencia


O MENINU LINDU
Eles tentaram máximo possível deixar parecido com LoL em parte da seleção dos personagem, haverá os gratuitos da semana, além das skills do personagem, tem duas skill auxilixares, os itens são divididos em três categorias, Power, Heatlh e Attack. Não a uma combinação de itens que te de uma mais forte, porém os itens podem ganhar upgrades e ser torna mais fortes, uma coisa que achei interessante é o fato das skill passivas também subirem de nível, até momento o jogo só tem um mapa, de Gotham. Nesse mapa nada de chegar a outra ponta e destruir a base adversária, somente a roubar as bases, o time que tiver maior quantidade de base ou tiver todas, vence simples. 

Acredito que eles vão aplicar mesma ideia do LoL que cada mapa seja um modo de jogo, nível máximo dos personagem não é 18, mas ainda não sei qual é o limite exato, máximo que vi foi um nivel 19, estou acreditando que nivel máximo seja 20, já que são 5 skill para distribuir nível e elas não passam do nível 5, e como temática do jogo é o fim dos universos, acontece em certos momentos do jogo cai meteoro dos seus e destruindo todo o cenário.


To achando que alguém passou demais no fast food
Já jogabilidade, apesar de ainda estar desenvolvimento e tal, está bem claro que ser customizável, eles estão tentando simplificar o máximo possível o jogo,a como escolher qual botão do mouse seu personagem anda, a uma opção de “pré-cast” que só deixar curso sobre o alvo e aperta o botão da skill que é ativado, diferente do modo tradicional que se aperta o botão da skill e tem que clicar onde quer seja feito, e tem uma função que pode ser ativada, que podemos chamar de miguelado ou antijogo, que quando ativada todas skill de buffs automaticamente miram no seu próprio personagem. 
Mas como disse tudo isso é customizável, uma coisa que me irritou bastante foi o fato de não ter icone no mapa/tela referente a câmera ser fixa ou não, era necessário apertar esc, ir nas configurações alterar isso, nisso se perde bom tempo, em contrapartida além dos famosos itens recomendados a também skill recomenda a ser pega no momento, e os itens são recomendados em ordem, a também opção de autoupdate, que jogo gasta pontos de skill automaticamente.

Todos jogadores receberam um valor em dois pontos, um deles são pontos adquirindo no jogo e o outro pontos são adquiridos através de grana, ou seja mesma coisa que LoL. Eu não esperava que personagens tivesse skins, estava acreditado que ao invés disso eles teriam somente versões alternativas, mas eu estava enganado tem skins também dos personagens, isso fazendo leque maior de diversidade e aparencia.

Agora falando pouco das partidas, não sei se pelo mapa ou pelo fato de estar em Beta, mas diferente dos demais MOBA, partida foi rápida, todos começamos com nível 3, e o jogo não durou muito tempo, não chegou a ter meia hora nenhuma das 4 partidas que eu joguei. A primeira foi muito confusa, escolhi o Doomsday/Apocalipse não sábia como funcionava a compra de itens, não havia torres do mapa para ser destruidas e os creeps estavam dropando gold e não reparava isso, lógico que minha noobice acumulada com resto da equipe fez a gente perder, não posso opinar sobre personagem que estava devido eu não ter jogado direito.

Já segunda partida consegui um controle melhor do jogo, havia escolhido Zatanna, que personagem voltada para suporte, nessa partida tentei mexer mas configurações dos controles e tentar auxiliar os outros, não me dei muito bem por não ter me acostumado direito ainda com comandos, e a ausência de placa de video, mas nada que impedisse o jogo no final.

Terceira partida foi com segundo personagem que mais gostei o Coringa , além disso eu já estava mais acostumado com os comandos do jogo e deixado do jeito que mais me agradava, e também foi a primeira partida que servidor caiu, primeiramente achei que jogo tinha bugado loucamente que tinha parado de controlar meu char, ele foi andando em linha reta até sair do mapa, depois que apareceu a mensagem que havia sido desconectado do servidor, uma coisa que achei filha da putagem e espero que eles resolvam isso até versão final, e o personagem ficar parado, onde você tava, ao invés de voltar para base.

Quarta partida e última foi com personagem que considerei mais legal, e provavelmente o que está sendo o mais popular, Nightmare Batman, foi aquelas partidas que faz eu lembrar de
1- Não ande sozinho
2-Você pode causar dano grande, mas também pode levar dano grande.
Perdi essa partida e morri pra caralho, mas de longe foi partida mais divertida do jogo, diferente da anterior o servidor não chegou a cair comigo jogando.


Na minha sincera opinião


Jogo até momento estar divertido, muita coisa ainda tem que mudar e se aperfeiçoado, personagens devem ser adicionados, mas em termos gerais o jogo promete uma experiência agradável e diferente dos demais jogos do estilo, acredito que ira se torna um jogo popular.
INFINITE CRISIS, não é um mod de League of Legends (Apesar de parecer bastante) INFINITE CRISIS, não é um mod de League of Legends  (Apesar de parecer bastante) Reviewed by Al on 13.5.13 Rating: 5

Nenhum comentário