Papo de bardo - Vem pra rua, vem, contra o governo! - Uma analise de dentro do protesto de 20/06/2013 na paulista

Cavaleiros e plebeus deste castelo, viemos reportar que ontem nossas tropas avançaram para dar apoio a armada dos protestos de São Paulo, vejam agora alguns dos momentos mais legais do protesto, uma analise do rumo que está tomando, agora que vi de perto o mesmo, bem como as aventuras que eu vileblade, SiriosCh e nosso ex membro Tuia, tiveram pelas ruas tomadas de verde e  branco.



Dia 20/06/2013 nós do castelo nerd e do Jogaram mentos na geração coca-cola participamos do sétimo grande ato contra o aumento das passagens, o ultimo organizado pelo MPL.

O dia de comemorar a primeira vitória de uma longa guerra

Chegamos na estação paulista em um grupo de sei que com o tempo foi se multiplicando até doze a medida que mais amigos se juntavam ao protesto e avisavam em que parte estavam da paulista.

Eu fui para o local junto do pessoal de minha pagina no face: Jogaram mentos na geração coca-cola. Enquanto que no caminho, amigos dos membros se juntavam ao grupo que cresceu rapidamente. Já na paulista fiquei sabendo que nosso rei do castelo e admin Siriosch estava presente tambem, e logo chegaria nosso antigo colaborador Tuia.

Assim que todos chegaram caminhamos em direção ao centro da manifestação. As pessoas caminhavam em compactos blocos distintos, como o pessoal da #Mooca, que praticamente andou em quatro blocos com bandeiras, instrumentos e hinos agitando e inflamando o povo.

O tamanho do protesto


Apenas estando lá dentro para entender o tamanho e a magnitude de uma manifestação apoiada e abraçada por duas gerações inteiras de uma nação como a nossa.

O evento foi de grande porte, até então havia analisado apenas de fora, não tinha verificado de dentro a magnitude dos protestos, apenas por videos e relatos, está quinta realmente foi um dos momentos mais marcantes de minha vida, ver que 1 milhão de pessoas (bem mais do que os 100 mil que a mídia indica) tomaram a avenida paulista, 23 de maio e outros pontos fora da capital.


Na paulista, alem dos nossos amigos manifestantes ocuparem a mesma do inicio ao fim, com longos trechos totalmente ocupados, os carros nas ruas transversais e as pessoas dos prédios também contribuíram para o mesmo, com os primeiros buzinando e os outros jogando papel picado do alto enquanto acompanhavam os gritos.

O publico

O publico presente erá do mais variado, em sua maioria jovens como nós, mas diria que uma boa parte erá composta por idosos, pessoas de meia idade e até mesmo crianças.

O que chamou mais a atenção, e comentarei em minha analise da situação atual, é que o publico em suas crenças é muito heterogêneo. As bandeiras levantadas, no sentido de protestos eram as mais diversas.

Haviam professores e estudantes pedindo melhora na educação, jovens pedindo fim da corrupção, Homens e mulheres que acabaram de voltar de seus escritórios com terno e gravata, jovens de touca e bermudão, haviam senhores de idade pedindo a saída de políticos da velha guarda, movimentos a favor da legalização da maconha, fim da homofobia, e as mais diversas reivindicações dos mais diversos tipos de ser humano.

Até mesmo os rechaçados ditos partidos de esquerda como PT, PCO e PSTU (apesar de não serem tão de esquerda assim) estiveram presentes, o que gerou certa confusão quando levaram bandeiras.Isso demonstra que realmente não é só um grupo que está indignado, mas sim o maior, o brasileiro que está indignado.

A policia

Diferente do que foi visto na semana passada, a policia não só não atacou, como repreendeu corretamente os vanda-los, com a ajuda do protesto honesto, como também agiu corretamente na dispersão da confusão gerada pela presença da galera do PT. Durante a noite, se postaram na frente dos principais prédios da região (ou mais endinheirados se não entendeu), como bancos (safra e itau), entradas de metro e outros patrimônios publico e privados.

Cada vez mais se vê nas redes sociais e na internet policiais, a dita força repressora do estado, aderindo a causa com atos simbólicos como sentar durante o protesto ou entregar flores aos manifestantes, é essa atitude que mostra que podemos virar os órgãos descontentes para nosso lado, faze-los ignorar as ordens de quem realmente se interessa em acabar com o protesto.

É até difícil imaginar que no inicio o choque queria matar todo mundo... Talvez tivesse recebido ordens de alguém incomodado? Que agora está pensando em como usar essa massa ao seu favor? Pensem...

Analise da situação atual

Atualmente, agora que realmente participei de um dos protestos, pude ver que o povo está indignado, não é só a moda de protestar no face como muitos tentam amenizar, realmente a população não quer mais saber de idiotas nos representando, se elegendo através de mentiras, enganando os inteligentes dizendo que o processo de voto é honesto e somos nós que devemos pagar por eleger a pessoa errada quando na verdade é um sistema deturpado, desviado, totalmente engessado contra revoluções, próprio para se manterem eternamente com suas famílias no poder... Uma verdadeira mafia!

O povo está mais esperto, mas uma boa parte ainda não está alerta com o que a mídia está fazendo. Realmente no inicio a mídia era totalmente contra as manifestações, apoiando o choque e distorcendo os fatos... Até comentarista famoso e influente fez discurso chamando o estudante de vagabundo. O mesmo estudante que vai virar medico e curar ele a preço de banana...

A questão é que a mídia passou e ressaltar que os protestos são pacíficos depois que seus repórteres apanharam... mas isso não é o verdadeiro motivo. Na verdade a mídia agora diz está do lado dos manifestantes, mudando seu discurso, se redimindo, porque passou a interessar... perceberam que ao memso tempo que a liderança dos protestos, o MPL, saiu de cena, a situação da mídia mudou, as coberturas aumentaram e coincidentemente alvos específicos como o protesto contra o governo são amplamente televisionados, enquanto que empresas privadas nada recebem cobertura... percebeu que nem a BAND nem o SBT nem a RECORD falou sobre o protesto na frente da rede globo?

O por de tudo não é isso, o pior é a situação dos números e a repercussão fora do país... Eles falam que 100 mil pessoas estavam ontem em São Paulo... mas pelas contas da folha, um milhão compareceram... Vejam essa conversa gravada entre nós membros do castelo durante o protesto:

Estávamos na parte mais vazia da paulista para poder gravar... Ali mesmo uma centena de pessoas passou em apenas 1 minuto... É impossível que números como esses sejam verdade.

O tamanho do protesto foi incomensurável, é impossível dizer ao certo se haviam mais pessoas ali do que no metro voltando para casa... Isso sem falar que todos se esforçaram para protestar, com cartazes criativos e diversos hinos.

Realmente me senti muito orgulhoso de poder ajudar a puxar um hino com toda aquela gente. A sensação que você tem é que não está sozinho, de que não é o único com cérebro nesse mundo, que os outros também estão revoltados com o governo e pensam igual a você e estão dispostos a caminhar lado a lado rumo a algo melhor, a sensação é que não somos brasileiros somente na copa, que essa e a próxima geração tem uma chance de largar o jeitinho e agir com justiça!

Após o depoimento da Dilma, que não foi de todo desastroso politicamente, mas infelizmente não nos ofereceu nada em troca da nossa revolta, percebi que o governo está somente dando corda, esperando para ver se dá para acabar, se aproveitar do protesto, ou simplesmente gerar discórdia entre os manifestantes...

Existe muita gente no protesto, muita gente diferente unida... mas ainda assim existem causas dispersas demais, todas validas, que precisam ser listadas, priorizadas e assim todos combatam pauta por pauta juntos, até chegar sua vez... vamos acabar com a PEC e a cura gay... depois, vamos tirar alguns nomes malignos do governo, investigar a copa e punir os responsáveis e ai sim pautas de impacto social serão discutidas com a certeza de que apenas honestos irão votá-las 



E o principal de tudo, andei conversando com gente de fora de nosso país, em varias nacionalidades, e pouco se sabe sobre o protesto em países como Espanha, França, México... Creio que isso ocorra por causa das redes televisivas e mídia de grande massa que acaba deixando de mostrar isso a pedido dos políticos locais, com medo que impulsione revoltas lá também, já que a situação ta mais preta asfalto novo... 

Agora é hora dos brasileiros se unirem em causas diretas e de obvia solução... ao invés da corrupção, vamos tirar um a um, Sarney, Renan... Investigar as fraudes da copa, e principalmente divulgar isso fora do pais, precisamos de apoio de fora, que as empresas de fora vejam que o governo que elas alimentam com dinheiro não está ajudando em nada elas a venderam, pois roubam demais... ais sim teremos um aliado incerto mas poderoso... alem de ter mais brasileiros e recrutas estrangeiros para cantar nosso hino... pois somos brasileiros...



Quem gostou pro favor comenta, curte a pagina do castelo no face, do Jogaram mentos na geração coca cola e divulga isso... pois temos que discutir através da internet e instruir uns aos outros... Já que o governo não nos educa...



Papo de bardo - Vem pra rua, vem, contra o governo! - Uma analise de dentro do protesto de 20/06/2013 na paulista Papo de bardo - Vem pra rua, vem, contra o governo! - Uma analise de dentro do protesto de 20/06/2013 na paulista Reviewed by Vileblade on 21.6.13 Rating: 5

4 comentários

  1. Parabéns pela reportagem!
    Irene Fonseca

    ResponderExcluir
  2. Estive presente também. Senti essa energia de união. É maravilhoso ver tantos ao seu lado, contra uma coisa que você meio que nasceu para odiar: a política.

    Ainda espero que consiga uma forma de liderança, pois agora, o MPL está fora e não podemos tornar tudo uma baderna. Precisa de ordem as coisas, principalmente na parte das pautas.

    No demais, espero que consigamos muitas vitórias, pois os 20cents foi a vitória de uma batalha, mas ainda não vencemos a Guerra!

    ResponderExcluir
  3. Srs. gostei da reportagem, minha única crítica é em relação a frase "Vem contra o governo", vocês estão realmente contra o governo ?
    Estou contra a corrupção, o abandono e outras mazelas, não quero combater o PT, PSDB, PMDB, PTB, PQP, meu desejo é combater a corrupção. Somos um estado democrático e elegemos nossos representantes, embora tenhamos feito isso com desprezo nos últimos anos, ainda sou afavor das eleições e de que os representantes cumpram seus mandatos até o fim (exceto os corruptos já condenados que não deveriam ter se elegido).

    ResponderExcluir
  4. Concordo Antonio, nós não estamos contra o governo, mas sim contra os atuais governantes, em especial os legisladores corruptos (digo os cabeças Sarney, Renan, Maluf, etc)...

    A questão é que na polvorosa do momento você se deixa levar por palavras de ordem, realmente parece inocente, mas para quem realmente leva a serio a questão parece que é contra o modo de governo o que pode levar a uma ditadura...

    Minha posição não é essa, sou contra os atuais políticos, não contra a existência deles e de seus partidos... Sou sim contra parte do atual governo, mas não a favor da instauração de uma anarquia...

    Realmente é bom frisar e ressaltar isso nas pessoas que não sabem filtrar as frases, temos que lutar por mudanças concretas e não por mudanças radicais...

    ResponderExcluir